segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Encontro de FFNN de Magé e amigos

     No dia 24/SET/2016, sábado próximo passado, aconteceu no Salão Social do Magé Tênis Clube, o X Encontro dos Fuzileiros Navais de Magé e Amigos, e, o primeiro ano de ativação da Seção Regional de Magé, da Associação de Veteranos do Corpo de Fuzileiros Navais (AVCFN/SR/MGÉ).
     Trata-se de um evento tradicional com propósito de interação dos militares da Reserva/Reformados do CFN com os da ativa e a sociedade em geral, organizado no Município de Magé RJ, com participação das demais cidades adjacentes.
   O evento apresentou um clima de muita descontração, alegria e amizade, com apresentação musical do Conjunto FUZIBOSSA ao vivo. No almoço foi servido um suculento churrasco.
     Além da presença dos Nobres Fuzileiros Navais da ativa, Veteranos da reserva/reformados, familiares e amigos, contou com a honrosa presença do CAlte (FN) José Enrique Salvi Elkfury, secretário da CPO e do CAlte (FN) Nélio de Almeida, Presidente da AVCFN. Um destaque especial para a presença do Veterano Soldado Refº Aldo Carracena, que, nascido em 14 de janeiro de 1922, completará em breve 95 anos de vida bem vividos, e que carrega em sua bagagem um acervo de medalhas e diplomas, inclusive medalhas de guerra, e é considerado o ‘Guru da Maçonaria’.
      Parabéns aos organizadores do evento pelo brilho da festa e aos participantes em geral pelo comportamento exemplar.
     BRAVO ZULU!
     Por Lucio Lucena
     Assessor da Presidência da AVCFN, Editor do Blog
     Visite o site: www.avcfn.com.br
     Faça Contato e junte-se a nós!
     Telefones - (21) 2233-3162 (21) 2126-5107 (21) 2253-1170
     Email: secretaria@avcfn.com.br
 Click AQUI  e veja mais fotos do evento.
 BRAVO ZULU!

sábado, 24 de setembro de 2016

Militar da Marinha do Brasil ganha prêmio nos EUA

MILITAR DA MB GANHA PRÊMIO EM CURSO DE APERFEIÇOAMENTO DE OFICIAIS DO CORPO DE FUZILEIROS NAVAIS DOS EUA
Após quarenta semanas de muita dedicação, o CT (FN) David Peixoto Manhães foi escolhido o Estudante Internacional do Ano, dentre 22 Oficiais estrangeiros de 21 nacionalidades, no Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos da América. Além disso, teve seu nome incluído no Quadro de Honra dos graduados com distinção, sendo o primeiro aluno estrangeiro agraciado com esta honraria.
O prêmio de Estudante Internacional do Ano é oferecido pela “Marine Corps University Foundation” ao aluno estrangeiro que tenha demonstrado os mais elevados padrões de liderança, profissionalismo, desempenho acadêmico e desenvoltura ao longo do curso, mediante processo seletivo conduzido por todos os instrutores da escola.
Fonte: CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA MARINHA

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Encontro de Turmas de Fuzileiros Navais 3 e 4/87

     Prezados Veteranos Fuzileiros Navais, segue abaixo uma nota de mais um encontro de Turma de FFNN.
Lembrando que o convite abrange a todos os Fuzileiros Navais de ontem, de hoje e de sempre.
     Segue a nota:
     Dia 22/10 será a festa de 29 anos das turmas 3 e 4/87 de soldados Fuzileiros Navais, o evento será na Força de Fuleiros da Esquadra (FFE), na Rodovia Washington Luiz km 124, em frente à cervejaria Itaipava..
     Na festa será servido um Buffet que está cobrando os seguintes valores:
Criança de 0 a 5 anos gratuito.
De 6 a 11 anos R$ 30,00
De 12 anos acima R$ 60,00
Interessado em participar do evento, favor enviar os seguintes dados pessoais:
Nome completo, RG, marca e placa do veículo (se for motorizado), assim com cópia do recibo do depósito no valor equivalente a adesão do evento.
Conta para depósito:
Banco = SANTANDER
Agência = 1225
Conta Poupança SANTANDER = 60005998-8
Silvio José Antunes Batista
Contato 970091255 Nextel ( whatsapp)
Por Lucio Lucena
Assessor da Presidência da AVCFN, Editor do Blog
Visite o site: www.avcfn.com.br
Faça Contato e junte-se a nós!
Telefones - (21) 2233-3162 (21) 2126-5107 (21) 2253-1170

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Saudação entre Militares - A Continência

     A CONTINÊNCIA é  uma das maneiras do militar manifestar respeito e apreço aos seus superiores, pares, subordinados e símbolos, como a Bandeira Nacional, por exemplo. Ela deve ser feita em pé, com a movimentação da mão direita até a cabeça, com a palma da mão para baixo, e pode ser individual ou da tropa.
     Ao cumprimentar um civil, o militar quando fardado, poderá fazer-lhe uma continência, como cortesia, além de dar-lhe o usual aperto de mão.
     A continência, saudação militar universal, é uma reminiscência do antigo costume, que tinham os combatentes medievais, quando vestidos com suas armaduras, ao serem inspecionados por um superior, de levar a mão à têmpora direita, para suspender a viseira, permitindo sua identificação.

domingo, 18 de setembro de 2016

A Pátria

"A pátria não é um sistema, nem uma seita, nem um monopólio, nem uma forma de governo: é o céu, o solo, o povo, a tradição, a consciência, o lar, o berço dos filhos e o túmulo dos antepassados, a comunhão da lei, da língua e da liberdade."
Rui Barbosa.

   O Sistema de Proteção Social das Forças Armadas é constituído por um conjunto integrado de instrumentos legais e ações afirmativas permanentes e interativas, que visam a assegurar o amparo social aos militares das Forças Armadas e seus dependentes, haja vista as peculiaridades da carreira militar. Tem a conotação do reconhecimento da Sociedade Brasileira para com as Forças Armadas, diante das limitações que são impostas aos seus integrantes, bem como o não usufruto de direitos e garantias comuns aos demais cidadãos brasileiros, propiciando, assim, as condições para o pleno exercício da carreira militar e o  bom cumprimento da sua destinação constitucional.
A Constituição Federal de 1988 define que a defesa nacional compete exclusivamente à União1. Assim, quando se trata de defesa nacional, somente a União, por meio de suas Forças Armadas, possui o encargo e a responsabilidade de proteger a Pátria.
A base da defesa nacional está alicerçada na identificação da Sociedade com as Forças Armadas e vice-versa. Para isso, é necessário que a sociedade conheça e compreenda as peculiaridades da profissão militar. As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem2.
As peculiaridades da profissão militar impõem uma série de deveres, sem os quais, não seria possível constituir um poder verdadeiramente militar. Tais peculiaridades resultam da herança histórica das Forças Armadas, de sua inserção no contexto nacional e do seu devotamento aos interesses do país.
1 Art 21 e 23 da Constituição Federal de 1988.
2 Art 142 da Constituição Federal de 1988.

sábado, 17 de setembro de 2016

A ROUPA FAZ A DIFERÊNCA?


Sem maiores preocupações com o vestir, o médico conversava descontraído com o enfermeiro e o motorista da ambulância, quando uma senhora elegante chega e de forma ríspida, pergunta:
– Vocês sabem onde está o médico do hospital?
Com tranquilidade o médico respondeu:
– Boa tarde, senhora! Em que posso ser útil?
Ríspida, retorquiu:
– Será que o senhor é surdo? Não ouviu que estou procurando pelo médico?
Mantendo-se calmo, contestou:
– Boa tarde, senhora! O médico sou eu, em que posso ajudá-la ?
– Como? O senhor? Com essa roupa?
– Ah, Senhora! Desculpe-me! Pensei que a senhora estivesse procurando um médico e não uma vestimenta….
– Oh! Desculpe doutor! Boa tarde! É que… Vestido assim, o senhor nem parece um médico…
– Veja bem as coisas como são…- disse o médico -… as vestes parecem não dizer muitas coisas, pois quando a vi chegando, tão bem vestida, tão elegante, pensei que a senhora fosse sorrir educadamente para todos e depois daria um simpaticíssimo "boa tarde!"; como se vê, as roupas nem sempre dizem muito…
Um dos mais belos trajes da alma é a educação; sabemos que a roupa faz a diferença mas o que não podemos negar é que:
Falta de Educação, Arrogância, Falta de Humildade, Pessoas que se julgam donas do mundo e da verdade, Grosseria e outras "qualidades" derrubam qualquer vestimenta.
Bastam às vezes, apenas 5 minutos de conversa para que o ouro da vestimenta se transforme em barro.
Jesus veio e ensinou humildade e respeito, mas infelizmente nem todos aceitaram como deveria
Educação é Tudo!!
Desconheço o Autor.

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Sistema de Proteção Social dos Militares (SPSM) - BONO

MARINHA DO BRASIL  
BOLETIM DE ORDENS E NOTÍCIAS
Nº 672 DE 14 DE SETEMBRO DE 2016
Sistema de Proteção Social dos Militares (SPSM) – A Marinha do Brasil (MB), em conjunto com as demais Forças e o Ministério da Defesa, tem divulgado estudos e realizado apresentações a setores do Governo Federal, diretamente envolvidos na reforma da Previdência Social, com foco na preservação do SPSM, caracterizado, também, como Regime Constitucional dos Militares.
É imperativo destacar que o militar não faz parte de nenhum regime previdenciário, conforme previsto na Constituição Federal, mas sim de um Sistema de Proteção Social que representa, por sua vez, um conjunto integrado de instrumentos legais e ações afirmativas, permanentes e interativas, que visam a assegurar o amparo social aos militares das Forças Armadas e seus dependentes
.
Click AQUI  e veja a nota completa no BONO
Por Lucio Lucena
Assessor da Presidência da AVCFN, Editor do Blog
Visite o site: www.avcfn.com.br
Faça Contato e junte-se a nós!
Telefones - (21) 2233-3162 (21) 2126-5107 (21) 2253-1170

Alterada Denominação do GptFNBe Para Batalhão

Alterada a denominação do Batalhão de Operações Ribeirinhas (BtlOpRib) e do Grupamento de Fuzileiros Navais de Belém (GptFNBe) para 1o Batalhão de Operações Ribeirinhas (1oBtlOpRib) e 2Batalhão de Operações Ribeirinhas (2oBtlOPRib) respectivamente.
Veja a portaria:

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Regulamento de Uniformes e Símbolos da AVCFN

ASSOCIAÇÃO DE VETERANOS DO CORPO DE FUZILEIROS NAVAIS 
REGULAMENTO DE UNIFORMES E SÍMBOLOS DA AVCFN
 (RUNAV)
Em todos os eventos em que a Associação de Veteranos do corpo de Fuzileiros Navais (AVCFN) participar, é importante que os Associados se apresentem com trajes adequados a cada evento, padronizados e com indicativos que caracterizem a AVCFN, daí a necessidade do RUNAV. Tendo em vista que o vínculo com a Marinha do Brasil (MB), em especial com o Corpo de Fuzileiros Navais (CFN), é traço marcante da AVCFN, tais uniformes e seu emprego estão intimamente relacionados com as normas previstas no Regulamento de Uniformes da Marinha do Brasil (RUMB).

Segue um extrato do RUNAV
 O Estatuto da AVCFN, em seu art. 77, atribui ao Presidente da Diretoria Administrativa a prerrogativa de aprovar o RUNAV.
 Os uniformes e os símbolos da AVCFN são motivos de orgulho pessoal de todo Veterano, traduzido no apuro dos mesmos, visto que, além das normas de boa apresentação pessoal, por estarem uniformizados, representam a AVCFN.
1. ASPECTOS GERAIS

 1.1 Propósito
 Estabelecer uniformes, equipagens e símbolos da AVCFN e regular sua especificação, uso e posse.
1.4 Fiscalização
É dever de todo Veterano fiscalizar o cumprimento deste Regulamento, especialmente se estiver chefiando uma representação ou integrar qualquer dos elementos organizacionais da AVCFN....
1.5 Posse dos uniformes e equipagens
 a) Os Associados não são obrigados a possuir os uniformes da AVCFN, porém seu uso é obrigatório quando participando de eventos integrando comitiva representativa da AVCFN....
1.6 Aspectos fisionômicos
 Para usar uniformes da AVCFN, os Associados não precisam cumprir as normas relativas ao aspecto fisionômico previstas para os militares em serviço ativo, entretanto não podem estar com aparência não condizente com o uniforme. Assim, não é permitido o uso de uniformes da AVCFN por Associado que esteja usando adornos, como brincos e piercings, cabelo muito comprido (na altura dos ombros), penteado tipo “rabo de cavalo” ou barba que não esteja convenientemente aparada.1.8 Trajes para as Alas Femininas das SR
Para as SR que tenham Alas Femininas, os respectivos Presidentes Regionais poderão aprovar trajes específicos para as mesmas, levando em conta as peculiaridades regionais. Esses trajes não serão especificados no RUNAV, podendo as SR descrevê-los em documentos próprios.
2. UNIFORMES

 2.1 Classificação dos uniformes e situações de uso

2.3 Insígnias e distintivos de Corpos e Quadros
 Podem ser utilizadas as insígnias de posto ou graduação e distintivos de Corpos e Quadros que o Veterano fizer jus, tanto no gorro bege CFN como na gandola camuflada, conforme o RUMB.
 2.4 Distintivos de cursos e distintivos operativos
Podem ser utilizados os distintivos de cursos e distintivos operativos, conforme prescrito no RUMB, bem como outros distintivos que o Veterano tenha recebido de OM da Marinha ou das demais Forças. Nos uniformes para cerimônias e desfiles o distintivo deve ser usado na versão em metal e, nos uniformes para atividades operativas, nas versões em tecido ou emborrachado.
ANEXO A
 REGULAMENTO DE UNIFORMES E SÍMBOLOS DA AVCFN
 DESCRIÇÃO DAS PEÇAS DOS UNIFORMES

21. Gorro bege CFN
........ No lado direito será colocada a insígnia correspondente ao posto ou graduação (no caso de Suboficial).

Por Lucio Lucena
Assessor da Presidência da AVCFN, Editor do Blog
Visite o site: www.avcfn.com.br
Faça Contato e junte-se a nós!
Telefones - (21) 2233-3162 (21) 2126-5107 (21) 2253-1170